Filho de repórter morto em mercado: polícia tenta obter imagens de câmera de segurança e principal suspeita é de execução

  • 15/05/2024


De acordo com o delegado Robert Lavor, do Departamento de Homicídio e Proteção a Pessoa (DHPP), o depoimento de testemunhas aponta para a suspeita de assassinato, descartando possível latrocínio. Núcleo de Feminicídio do DHPP irá investigar o caso Maria Romero / g1 PI A Policia Civil do Piauí tenta obter imagens de câmera de segurança que registraram a morte de Johnnie Walker Andrade, de 36 anos. O delegado Robert Lavor, do Departamento de Homicídio e Proteção a Pessoa (DHPP), informou nesta quarta (15) ao g1 que ainda vai solicitar os arquivos, mas que o depoimento de testemunhas já aponta para a hipótese de execução. Ele é filho do repórter Joselito Andrade e foi morto em um mercado na Zona Norte de Teresina, no dia 10 de maio deste ano. Depoimentos indicam que ele foi assassinado, o que também é indicado pela forma como o assassinato aconteceu. ✅ Siga o canal do g1 Piauí no WhatsApp "Nossa principal linha de investigação é de que seja homicídio, já ouvimos algumas testemunhas e trabalhamos nessa linha de investigação", afirmou . Compartilhe esta notícia no WhatsApp Compartilhe esta notícia no Telegram Alguns vídeos já obtidos pela polícia mostram a chegada dos criminosos do lado de fora, mas os arquivos internos do estabelecimento onde o crime aconteceu ainda não foram vistos. Ainda conforme Robert Lavor, os próximos passos da investigação serão os depoimentos de familiares de Johnnie, que já foram intimados. “Nosso próximo passo é justamente escutar os familiares, precisamos compreender para que qualquer suspeita seja ou não corroborada", completou o delegado. Entenda o caso Filho de repórter é assassinado a tiros dentro de mercado na Zona Norte de Teresina Reprodução Johnnie Walker Andrade, de 36 anos, filho do repórter Joselito Andrade, foi morto a tiros na noite de sexta-feira (10), na Zona Norte de Teresina. Johnnie tinha feito aniversário no dia anterior, 9 de maio. Segundo Andrade, os criminosos roubaram mercadorias e fugiram. Apesar do relato do pai, a Polícia Militar do Piauí (PMPI) disse que não houve roubo no local. Segundo a PMPI, quatro homens chegaram de carro e invadiram o estabelecimento comercial de Johnnie, que fica no conjunto Parque Brasil. Eles dispararam cerca de 20 tiros contra a vítima, que morreu no local. Joselito Andrade é conhecido como "Repórter do Povão" e faz coberturas de ações policiais em Teresina. Em vídeo publicado nas redes sociais (assista abaixo), contou que tinha acabado de deixar o mercado quando os criminosos chegaram e mataram Johnnie. Ele disse ainda que o rapaz deixa um filho de um ano. Repórter fala sobre assassinato do filho na Zona Norte de Teresina Ele disse não desejar mal a nenhum dos criminosos e pediu que a justiça seja feita e que tanto ele quanto os demais familiares e amigos possam ser confortados diante de tanta dor. 📲 Confira as últimas notícias do g1 Piauí 📲 Acompanhe o g1 Piauí no Facebook, no Instagram e no Twitte VÍDEOS: Assista às notícias mais vistas da Rede Clube

FONTE: https://g1.globo.com/pi/piaui/noticia/2024/05/15/filho-de-reporter-morto-em-mercado-de-teresina-policia-tenta-recuperar-imagens-de-camera-de-seguranca-e-principal-suspeita-e-de-execucao.ghtml

Aplicativos


Locutor no Ar

Programação AutoDj

Suplemento musical 24hs no Ar

Peça Sua Música

No momento todos os nossos apresentadores estão offline, tente novamente mais tarde, obrigado!

Anunciantes